Como Desenhar Mangá

como desenhar mangá

Se você quer saber como desenhar mangá, está no lugar certo. Os desenhos japoneses estão fazendo o maior sucesso e conquistando milhares de fãs ao redor do mundo todo.

Por isso mesmo, está crescendo a procura por cursos e tutoriais que mostrem o passo a passo para criar personagens de mangá e até mesmo quadrinhos inteiros. Nesse guia vamos falar tudo sobre o assunto.

Separamos um guia detalhado e ilustrado, com as principais informações para que você seja capaz de fazer um desenho profissional e com muita qualidade. Esse é o guia ideal para você que está começando agora.

O que é mangá?

Antes de mostrarmos como desenhar mangá passo a passo, vale a pena aprender um pouco mais sobre esse estilo de desenho. Afinal de contas, ele é bem diferente dos desenhos que são comuns no país e dos desenhos americanos.

Mangá é um termo que abrange todos os quadrinhos japoneses. Como as histórias em quadrinhos das Américas e da Europa, o mangá inclui uma variedade quase infinita de gêneros e estilos. 

Inclui ficção científica, como a distopia cyberpunk de Akira de Katsuhiro Otomo, ficção histórica, como Buda de Osamu Tezuka e comédias de ação de super-heróis. Você verá mangá no drama, na comédia, no romance, no terror e muito mais.

Dessa forma, podemos dizer que o gênero está presente em todos os aspectos da vida humana. Dentro do Japão, onde surgiu o estilo, os quadrinhos fazem parte do dia a dia de crianças, jovens e adultos.

No Japão, o mangá foi historicamente segmentado em categorias por gênero e faixa etária. Os dois mais proeminentes foram:

  • Shonen – para meninos
  • Shojo – para meninas

As linhas entre essas categorias tornaram-se mais confusas nos últimos anos e geralmente não existem fora do Japão. Ou seja, fora do Japão o mangá é tanto para meninos quanto para meninas.

Mas em partes do Japão ainda é possível encontrar diferenças muito claras entre os estilos traçados.

Existem convenções visuais e narrativas reconhecíveis nos mangás. Toda uma geração de fãs e jovens artistas encontrou inspiração no estilo e na linguagem visual dos quadrinhos japoneses. Mídias como Avatar mostram a influência do mangá.  

A influência do mangá

Para aprender como desenhar mangá é preciso se aprofundar nessa cultura. Afinal de contas, o mangá é um tipo de história em quadrinhos extremamente popular do Japão, que é amplamente lido e apreciado em todo o mundo.

Esses personagens de desenhos animados têm uma aparência muito distinta com olhos grandes, bocas pequenas e penteados coloridos e eles mostram suas emoções de maneiras extremamente exageradas.

Esses personagens choram muito e suas bocas ficam enormes quando riem e sorriem. São características muito comuns a esses desenhos, conforme vamos destacar abaixo.

O mangá inspirou outra forma de arte popular: o anime. Enquanto o mangá é como uma história em quadrinhos ou desenho animado, o anime descreve os programas de TV e os filmes feitos no mesmo estilo.

Então, talvez você queira aprender como desenhar personagens de anime também. Ao aprender sobre mangá, automaticamente você saberá o básico sobre os animes.

Esta forma de arte inventiva japonesa atrai muitas crianças e adolescentes, que amam as ilustrações brilhantes e ousadas. Se você quer  saber como desenhar mangá, saiba que existem muitos livros, tutoriais e vídeos para seguir em busca de ideias e inspiração.

Mas só aqui você encontra um guia completo e ilustrado sobre o assunto. Separamos algumas das estratégias que fazem parte do curso de desenho, para que você possa começar a desenhar usando um estilo japonês.

A influência do desenho mangá

Dicas sobre como desenhar mangá

Não existem regras definidas para desenhar mangás. No entanto, certos conselhos e abordagens podem ajudá-lo a aprender, desenvolver seu próprio estilo de desenho de mangá e melhorar suas habilidades.

Use as seguintes dicas e técnicas de desenho de mangá de ilustradores especializados, artistas de quadrinhos e instrutores para começar. 

1. Pratique copiando

Os aspirantes a mangá podem aprender tentando reproduzir histórias em quadrinho ou desenhos animados que os inspirem.

Dessa forma, o primeiro passo é se permitir esse período de total falta de originalidade. Até mesmo os desenhistas profissionais começam copiando desenhos de outras pessoas.

No entanto, copiar é muito diferente de plágio. Embora replicar outro trabalho como um exercício de desenho seja valioso, não o passe como seu.

Isso significa que se você copiar algo, dê os devidos créditos, faça referência ao autor original do desenho.

Nesse guia sobre como desenhar mangá valorizamos a dignidade e a valorização do trabalho artístico.

2. Entenda as proporções do mangá

Já que estamos falando sobre como desenhar mangá, importante falar sobre as proporções. As proporções anatômicas dos personagens de mangá são parte do que os torna instantaneamente reconhecíveis. 

Existem grandes diferenças entre as partes do corpo em comparação com a arte convencional e realista e as técnicas de desenho de mangá usadas para criar esses desenhos.

Então, se você comparar um mangá com um desenho americano, por exemplo, vai notar diferenças que são significativas. Por isso a proporção deve ser pensada de forma exclusiva para esse estilo de desenho.

Geralmente, no desenho de mangá os olhos tendem a ser maiores do que na vida real, a boca é menor, as alturas do queixo, nariz e testa diferem significativamente de um corpo humano real e o cabelo do mangá muitas vezes desafia a gravidade.

Você pode conferir como desenhar cabelo de mangá nesse vídeo:

Além disso, as expressões faciais não se parecem em nada com o que você vê na arte que luta pelo realismo. Realismo é uma palavra que parece não combinar com o mangá, que pode exibir diversas expressões faciais que nunca serão vistas na vida real.

Essa estilização, entretanto, não significa que desenhar mangá seja simples. Você pode ser criativo na hora de criar as expressões, mas existem regras e existe toda uma técnica envolvida.

3. Experimente desenhar objetos da vida real

Embora possa parecer contra-intuitivo, pratique o desenho de anatomia da vida real. Você precisa ter um bom entendimento das proporções para que possa ajustá-las melhor quando quiser um estilo diferente de desenho.

Isso significa que primeiro você deve estar dominando a fisionomia de desenhos convencionais antes de partir para técnicas e estilos mais complexos. Por isso, vale a pena começar desenhando pessoas reais, com expressões reais.

desenho de mangá

4. Aprenda a linguagem visual do mangá

Quadrinhos e desenhos animados usam uma abordagem visual para transmitir emoções, ações e ideias. 

Por exemplo, em quadrinhos e desenhos animados de faroeste, um personagem adormecido pode ter alguns Zssss saindo de sua boca ou uma lâmpada aparece sobre sua cabeça quando ele tem uma ideia.

Da mesma forma, os mangás também apresentam características especiais, que os tornam tão diferentes de todos os outros estilos de desenho. Por isso, se você está querendo saber como desenhar mangá, vale a pena conhecer esses detalhes.

Características comuns no desenho de mangá:

Uma gota gigante de suor na cabeça de um personagem e eles estão exasperados ou frustrados. É uma gota realmente gigante, muitas vezes também reproduzidas nas versões para a televisão ou cinema.

Uma bolha de ranho saindo do nariz de alguém, eles estão dormindo. Esse é um recurso muito engraçado, é assim que os desenhos japoneses ilustram que uma pessoa está passando por um sono profundo.

Linhas de movimento atrás de um personagem, isso pode significar que eles estão se movendo, indicar que um personagem está fazendo uma declaração dramática ou mostrar que um personagem está determinado,.

O personagem morre, temporariamente, e se transforma em um fantasma, o personagem fica envergonhado. Esse é outro recurso interessante, para mostrar a vergonha, geralmente em situações românticas.

5. Estude mangás populares

Como estamos falando sobre como desenhar mangá, aqui vai uma dica especial. Vale a pena estudar trabalhos populares e conhecidos dentro desse mercado.

Afinal de contas, no ocidente estamos muito acostumados com o estilo americano de desenho, mas pouco conhecemos sobre os desenhos de origem oriental. E essa falta de familiaridade com o estilo pode ser um grande desafio.

Tenha em mente que essa linguagem visual também inclui brincar com diferentes estilos visuais na mesma história em quadrinhos. 

Um personagem agressivo pode ser desenhado em um estilo mais realista ou detalhado para enfatizar essa raiva, enquanto um personagem que é o alvo de uma piada pode parecer mais com um desenho animado.

Uma das grandes vantagens de aprender como desenhar mangá é justamente a possibilidade de brincar com diversos estilos. Essa é uma arte muito ampla e cheia de bons elementos que podem ser usados.

desenhos de mangás populares

Para se familiarizar mais com esses atalhos visuais, estude alguns quadrinhos de mangá amplamente populares, como Naruto e outros famosos. São desenhos incríveis que nos permitem ter uma ideia melhor de como a técnica é aplicada na prática.

6. Cultive seu próprio estilo de mangá

Como estamos falando sobre como desenhar mangá, vale a pena mencionar que você não precisa estar preso a regras. Você pode inclusive criar o seu próprio estilo, sempre respeitando as origens e as técnicas que fazem parte dessa arte.

Muitos desenhistas têm medo de errar quando estão construindo mangás. Mas a verdade é que você pode treinar e errar várias vezes até acertar de forma definitiva. O treinamento é a melhor estratégia para melhorar suas habilidades.

Como desenhar mangá: dicas especiais

dicas de como desenhar mangá

Acima falamos um pouco sobre o estilo de desenho mangá e como ele pode ser feito na prática. Mas existem algumas dicas especiais que podem te ajudar a criar um desenho perfeito rapidamente.

A primeira dica, que já abordamos brevemente acima, é sobre estudar a cultura e o estilo. Infelizmente você não vai aprender sobre o desenho japonês assistindo a desenhos americanos ou lendo revistas em quadrinho nacionais.

Por outro lado, ao consumir materiais de origem japonesa você estará a um passo de criar desenhos incríveis. Assim, para aprender sobre como desenhar mangá, é preciso realmente entrar dentro desse estilo.

Outra dica é esquecer por um tempo todos os seus conceitos e ideias sobre desenho que são tradicionais. Aqui estamos acostumados a desenhar personagens com características muito humanas, como por exemplo nos olhos, boca e expressões.

No entanto, dentro do desenho japonês, nem sempre os personagens apresentam expressões realistas. Muito pelo contrário, eles podem ser representados com aspectos bem diferentes.

Por exemplo, uma cabeça muito grande e vermelha para indicar que estão nervosos, o rosto todo rosa para indicar que estão com vergonha, os olhos muito grandes para indicar que estão excitados e assim por diante.

Nesse sentido, quanto mais você estiver coma  cabeça aberta, melhor será o seu desenvolvimento dentro desse estilo de desenho.

Curso de desenho: aprenda a desenhar de verdade

Se você quer realmente aprender como desenhar mangá e progredir de forma rápida, pode ser interessante investir em um curso que seja detalhado e passo a passo.

As dicas que passamos acima, por melhores que sejam, abordam apenas alguns aspectos do processo. É durante a prática que você aprenderá cada detalhe, desde os elementos do rosto até o corpo e expressões dos seus personagens.

Uma das vantagens do curso de desenho de mangá é justamente a possibilidade de acompanhar cada etapa passo a passo.

Ao ver um desenhista criando os mangás você poderá desenvolver suas habilidades e técnicas. O material ajuda muito, especialmente quem está começando agora ou deseja evoluir rapidamente dentro dessa área.

Durante o curso você poderá até mesmo aprender como desenhar o Goku, um dos desenhos mais buscados especialmente entre o público mais jovem. Esse desenho é ótimo para treinar, uma vez que apresenta diversas variações, de corpo e cabelo.

Conclusão

Nesse guia mostramos como desenhar mangá, destacando as principais características desse estilo e dando dicas especiais para que você possa criar seus desenhos agora mesmo.

Como você pode ver, esse estilo de desenho é repleto de detalhes que fazem toda a diferença na hora de criar materiais ilustrados.

O que está esperando para começar a desenhar mangás? Pegue um pedaço de papel, alguns lápis e use a sua criatividade. Esse é um dos estilos de desenho mais populares no mundo todo e cheio de possibilidades.

Deixe uma resposta